OLHEIRAS, entenda suas causas e conheça os melhores tratamentos

Sejam marrons, avermelhadas, roxas ou até azuladas as olheiras incomodam. Conheça as causas e melhores tratamentos para cada tipo.


Sejam marrons, avermelhadas, roxas ou até azuladas, você provavelmente culpa o cansaço, a falta de sono, o estresse e a TPM pelas suas olheiras, mas a verdade é que esses são apenas fatores que agravam uma condição que você já tem predisposição.

As olheiras podem se formar em qualquer fase da vida, em homens e mulheres e até crianças, e em qualquer tom de pele. Elas são mais frequentes, porém, em peles morenas e negras, pelo acúmulo de melanina na região dos olhos.

Na maioria dos casos, a genética é a maior causa por trás das suas olheiras. Se você tem essa pré-disposição, vários fatores podem agravar a condição. Por isso, é necessário investigar e avaliar direitinho qual é o tipo das suas olheiras e aí, sim, fazer um tratamento mais efetivo com um profissional de confiança.

Tipos de olheiras:

Você sabia que existem 04 tipos de olheiras?

Olheira vascular: causada pelo aumento da vascularização ou congestão dos vasos sanguíneos na região dos olhos que também podem causar aquela bolsa nos olhos. A coloração, em geral, tem tons azulados, arroxeados ou avermelhados, devido à coloração do pigmento sanguíneo.

Olheira estrutural ou anatômica: ela surge por conta da anatomia óssea do rosto. Pessoas que têm os olhos “fundos” acabam com uma sombra na região dos olhos e que acaba escurecendo a área.


Olheiras escuras ou pigmentar: ela é causada pelo excesso de depósito de melanina na pele, e geralmente apresenta uma cor mais amarronzada. A causa dessa hiperpigmentação costuma estar associada a peles morenas e negras, principalmente, de algumas etnias específicas, como árabes, turcos ou indianos. Esse excesso de pigmentação, porém, também pode ser residual, como por exemplo, ligado a algum processo inflamatório, como rinite.


Olheira mista: ela é bastante comum e acontece quando há uma soma de um ou mais tipos.



*Fotos autorizadas pelos clientes. Procedimentos realizados na Clinic (não autorizado uso público). Por se tratar de organismos diferentes, não há garantia de resultado.




Quais são as principais causas que agravam as olheiras?

Cansaço, insônia, choro, exposição solar, não retirar maquiagem, tabagismo, tensão pré-menstrual, estresse, excesso de bebidas alcoólicas. Tudo isso também acaba mexendo com a circulação sanguínea e favorece o aparecimento de olheiras.

Tratamentos para olheiras.

Preenchimento com ácido hialurônico

O procedimento ajuda a amenizar a aparência das olheiras estruturais e/ou anatômicas, diminui o aspecto de cansaço e dá um aspecto mais jovial ao rosto. Nesta indicação apenas profissionais habilitados podem fazer essa intervenção estética.

Procedimentos com laser e luz pulsada

Os melhores efeitos dessas técnicas são aqueles com a luz intensa pulsada, aplicada com cuidados especiais pela proximidade com o globo ocular. O procedimento consegue melhorar tanto o componente vascular, como pigmentar, podendo perceber a melhora das olheiras já nas primeiras sessões.


Peelings

Além de melhorar a aparência da pele, o tratamento de peeling pode ser feito para aliviar as rugas, linhas de expressão e manchas, por estimular a renovação celular e ajudar a eliminar o pigmento concentrado, auxiliando no clareamento de áreas escuras, como é o caso das olheiras.

Dermocosméticos clareadores

Os dermocosméticos clareadores são indicados e muito úteis em quadros leves ou iniciais de olheiras, sendo também ótimos coadjuvantes em procedimentos ou para manutenção de resultados. Normalmente são associações de clareadores adequados para a região dos olhos, com substâncias vasoativas e calmantes.






Tratamentos caseiros

Compressas de água fria, como uma das causas das olheiras é a dilatação dos vasos sanguíneos abaixo dos olhos, aplicar compressas de água fria é uma ótima opção, sachês de chá de camomila gelados, rodelas de pepino, gazes embebidas em leite,

massagens na região. Bepantol é um produto altamente hidratante e é uma opção para passar na região dos olhos.

Elevar a cabeça durante o sono e dormir o suficiente pode ajudar a prevenir as olheiras, como usar corretivos e cremes também.

Estudos indicam que doenças endócrinas (nas glândulas supra-renais), vasculares (alterações de plaquetas) e hepatite também ajudam a originar ou acentuar olheiras.


Diante de todas essas informações, chegamos a conclusão que não existe um tratamento específico ou melhor tratamento para olheiras. O ideal é uma boa avaliação, para a partir disso traçar o melhor tratamento e associar mais de uma técnica se for necessário.

Preços e Valores

O preço pode variar de acordo com diversos fatores e o principal deles é a causa e tipo de olheira a ser tratada. Uma vez que os tratamentos mudam muito entre si.

Todos esses tratamentos estão disponíveis na Clinic.




PARA SABER MAIS SOBRE ESTE PROCEDIMENTO, clique aqui E AGENDE UMA AVALIAÇÃO GRATUITA COM NOSSAS ESPECIALISTAS


Clinica de Estética avançada em São Paulo - Centro








192 visualizações0 comentário