Melasma, conheça opções eficazes de tratamento


O melasma é uma disfunção estética causada pelo aparecimento de manchas castanhadas e irregulares na pele, geralmente o melasma no rosto é o mais comum, podendo se estender ao pescoço, braços e colo acometendo em sua maioria mulheres. Não há uma causa definida, sabe-se que está relacionado a fatores genéticos, hormonais, uso de medicamentos, cosméticos, endocrinopatias e principalmente a exposição solar.


Nem toda mancha escura no rosto é um melasma, então uma boa avaliação pode ajudar a entender o tipo de mancha e melhor tratamento. Aqui na Clinic utilizamos um recurso chamado luz de wood, que é um equipamento que consegue avaliar a camada inserida da mancha, e assim, em avaliação conseguimos definir melhores estratégias de tratamento e controle.


O melasma também é chamado de cloasma, quando ocorre no período de gravidez por pico hormonal.


Neste post abordaremos os seguintes tópicos:

  • Como ocorre o melasma

  • Quais os tipos de melasma

  • Como prevenir

  • Tratamento

  • Fotoproteção



*Fotos autorizadas pelos clientes. Procedimentos realizados na Clinic (não autorizado uso público). Por se tratar de organismos diferentes, não há garantia de resultado.





Como ocorre o melasma


O melanócito, uma das diversas células do nosso organismo, é o responsável por dar pigmentação ao melasma e a outros tipos de colorações do nosso corpo como pele e pêlos, quando há hiperatividade desta célula surge o melasma.


Normalmente o melasma está associado a picos hormonais que acabam interferindo na produção de pigmento. A gravidez é o momento que toda mulher fica ansiosa e preocupada pois é comum o surgimento dessas manchas nesse período da vida.


Em uma harmonização facial, observamos as manchas que dão um toque não acetinado a pele, e por isso recomendamos um clareamento para que elas fiquem bem discretas e enalteça a beleza natural do rosto.


Homens podem ter melasma, entretanto em mulheres a incidência é altíssima.


Quais os tipos de melasma


● Melasma epidérmico: Quando há depósito aumentado de pigmento através da epiderme (camada mais superficial da pele).

● Melasma dérmico: Caracterizado pelo depósito de melanina ao redor dos vasos superficiais e profundos.

● Misto: Quando se tem excesso de pigmento na epiderme em certas áreas e na derme em outras regiões.

Há três tipos comuns de padrão facial de melasma, o malar (maçãs do rosto), centrofacial (testa, bochechas, acima do lábio, nariz e queixo) e mandibular.





Como prevenir


Mesmo não sabendo ao certo qual a causa do melasma é possível trabalhar na prevenção com a fotoproteção. É imprescindível o uso de protetores físicos e químicos, como protetor solar preferencialmente com cor, pois estes são capazes de proteger da luz visível, reaplicando durante o dia, utilização de chapéus, óculos sombrinhas, guarda-sóis e toda medida que evite a exposição solar.


Tratamento


O tratamento consistem em um conjunto de medidas que visam estabilizar e amenizar o

melasma, dentre elas estão:


Peelings

Ácidos a base de hidroquinona, ácido glicólico, ácido retinóico, ácido azelaico entre outros. Aqui na Clínic trabalhamos com o Vulcan Ice, um peeling químico específico para melasma. Ele é composto por um conjunto de ácidos divididos em três passos: