top of page

Remoção de tatuagem dói? Entenda todo o processo

A tatuagem talvez seja uma das coisas mais populares entre as pessoas, grandes ou pequenas, a maioria possui pelo menos uma. Diversos são os motivos que levam a tatuar pele, alguns em homenagens, outros sem significado aparente apenas por gostar do desenho, existem estilos para todos os gostos e bolsos.

Com a popularização da tatuagem o aumento de arrependimentos também progrediu, e com isso pensando que se trata de um pigmento permanente não há muitos procedimentos a se recorrer que sejam tão efetivos e menos lesivos quanto o laser para remove-la.

Diversas formas para tentar remover a tatuagem já foram testadas, dentre elas raspagem da pele, cauterizar (queimar) a região, cirurgia, mas todos possuem um potencial de lesionar o tecido muito grande e com isso a possibilidade de cicatrizes, manchas e queloides eram quase que certas, substituindo uma insatisfação por outra.

Com a evolução da tecnologia surgiu o laser ND-Yag tipo Q-Switched, que através de feixes de luz de alta energia com nanosegundos quebram o pigmento das tatuagens de forma progressiva, esse tipo de laser é altamente específico para pigmentos, ou seja, a afinidade dele é com a tinta, assim como por exemplo o laser de depilação tem afinidade com o pigmento dos pelos, diminuindo e muito a probabilidade de intercorrências e lesões na pele.

*Fotos autorizadas pelos clientes. Procedimentos realizados na Clinic (não autorizado uso público). Por se tratar de organismos diferentes, não há garantia de resultado.



Como é feita a remoção?

O procedimento geralmente é rápido, uma remoção de micropigmentação não leva mais que 15 minutos para ser realizada, tatuagens grandes em média 40 minutos e raramente 1h. Primeiramente é realizada assepsia de toda região, óculos para proteger os olhos dos feixes de luz e posteriormente ao laser pomada hidratante para ajudar o tecido a se recuperar.


O procedimento é dolorido?

A dor é muito relativa, há pessoas mais sensíveis outras menos sensíveis, no geral não é um procedimento indolor, mas bem suportável, a sensação é parecida com fisgadas ou pequenos choques na pele, que acontecem enquanto o laser estiver quebrando o pigmento, quando acaba fica apenas uma leve sensibilidade no local geralmente apenas no primeiro dia.


Quais os cuidados após a remoção?

Pensando que para remover o pigmento gera-se uma pequena lesão no local, precisamos trata-lo como um local lesionado, então evitar exposição solar, fontes de calor, hidratar e proteger a região, e sempre respeitar os intervalos entre sessões de 4 a 6 semanas para que o tecido se recupere totalmente evitando a possibilidade de manchas, queimaduras e até queloides.


Quantas sessões são necessárias?

Isso varia muito, não se deve e não há como precisar quantidade de sessões, teoricamente quando mais velho é o pigmento, quanto mais profundo ele foi aplicado, e quanto pior for a qualidade da tinta mais tempo levará o clareamento, e não há como apenas a olho nu precisar todas essas informações, somente com o passar das sessões é que iremos entendendo o progresso.



CLIQUE NO BOTÃO E CONVERSE COM NOSSA ESPECIALISTA PELO WHATSAPP >>>









SAIBA MAIS SOBRE A CLINIC

A Clinic é especializada em harmonização facial: toxina botulínica, preenchimento, fios de sustentação e bioestimuladores de colágeno; e harmonização corporal: aumento/preenchimento de glúteo, gordura localizada e estrias. Temos mais de 15 anos de experiência e nos orgulhamos de nossas avaliações no Google e Facebook 5 estrelas.

Nossa cultura é valorizar a sua beleza natural com procedimentos de alto impacto e preço justo.

Clinica de Estética avançada em São Paulo - Centro

Responsável técnico: Dra. Paula Caroline Garcia CRBM 32624 - Esteticista, Biomédica esteta, Docente de cursos, Palestrante sobre saúde e autoestima, Escritora de colunas para revistas de estética, CEO e Coordenadora pedagógico da Clinic Cursos e CEO da Clinic Biomedicina estética.


834 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page